O Sol da Meia Noite

Resumo sobre o fenômeno do Sol da Meia Noite.

A Terra e desigualdade do raio solar

Para entender o sol da meia noite é sugerido a leitura do artigo Movimento da Terra e a incidência desigual dos raios solares

Feito a leitura do artigo indicado, destaca-se o seguinte sobre a Terra e seus movimentos.

  • A Terra tem um formato desigual (achatamento do polo e alongamento do centro) e tem uma inclinação do eixo da Terra de 23º27”.
  • A Terra possui dois principais movimentos: o de rotação e de translação;
  • A rotação da Terra promove uma distribuição desigual da luz diariamente.
  • Durante a translação, o eixo da Terra em relação ao Sol se inclina para um lado e depois para o outro (isso acontece a cada seis meses).

Em resumo, a rotação, translação, inclinação da Terra e o formato em geoide provoca uma desigualdade nos raios solares. Cuja desigualdade, pode provocar fenômenos interessantes como o Sol da Meia Noite.

O “Sol da Meia Noite”

A distribuição da luz solar na Terra varia conforme o movimento em torno do sol, podendo atingir perpendicularmente a linha do Equador durante o equinócio ou perpendicularmente o Trópico de Câncer ou de Capricórnio durante o Solstício.

 Por causa da inclinação da Terra, a duração do dia e da noite possui uma variação, podendo ser o dia maior que a noite ou ao contrário.  

Durante o verão, quanto mais afastado uma região é da linha do Equador em direção aos polos, maior é a duração do dia e menor a duração da noite, tendo a ideia que o sol não se põe.  

No Hemisfério Norte, o “Sol da Meia Noite” pode ser observado nas regiões mais próximas ao círculo polar ártico, como Canadá, Dinamarca, Finlândia, Noruega, Rússia e Suécia. No Hemisfério Sul, o fenômeno pode ser visto na Antártida.

Nesse momento é que ocorre o “Sol da Meia Noite” quando o sol não se põe nas regiões de alta latitude. Veja o vídeo abaixo do Sol da Meia Noite no Ártico

Durante o inverno nas regiões polares ocorre ao contrário. Nesse período há diminuição dos raios solares e o aumento da duração das noites.

No polo sul o fenômeno ocorre entre outubro e março, já no polo norte é entre abril e setembro. Nas altas latitudes, a duração do dia solar ou da noite pode durar 6 meses. Como no hemisfério norte possui mais massa continental nas altas latitudes do que no hemisfério sul, o fenômeno do Sol da Meia Noite é “percebido” mais no hemisfério norte.

O filme Insônia (2002), com Al Pacino e Robin Willians, é situado no fenômeno do sol da meia noite, destacando a dificuldade de pessoas não acostumadas a dormirem na região. 

Atualidades Brasil Brexit Chile China Coreia do Norte desigualdade social Dicas Donald Trump Doutrina Trump e-book Enem Enem 2019 EUA Facebook Fake news filme FUVEST geografia Geoinfo Geopolítica História meio do ano Observatório de Geografia no Vestibular Palestina petróleo Podcast população mundial Primeira fase Ranking Redação resumo segunda fase Times Higher Education Unesp Unesp 2017 Unicamp União Europeia USP Vestibular Vestibular 2020 Vestnews videoaula Vídeos

Uma consideração sobre “O Sol da Meia Noite”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s